Blog

PrincipalBlogNotícias

Compra de imóvel: quais taxas precisam ser pagas?

Comprar o próprio imóvel é um momento especial na vida de qualquer pessoa. Justamente por isso, é preciso estar bem informado sobre o investimento que você vai fazer. Todos os custos devem ser considerados para que seu orçamento seja respeitado.

Os gastos não se limitam ao valor do imóvel propriamente dito. Há também taxas e impostos que precisam ser honrados. Ao todo, esses gastos extras podem representar cerca de 5% do valor avaliado do imóvel. Portanto, é bom estar preparado para essas despesas. 

Confere, a seguir, as principais taxas que devem ser pagas ao se adquirir um imóvel!

 

ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis)

É um tributo municipal cobrado pela prefeitura no momento da compra, toda vez que um empreendimento muda de dono. O valor que pode variar de acordo com o município. Geralmente, corresponde a 2% ou 3% do valor venal do imóvel.

O imóvel só será transferido para o novo proprietário após o pagamento desse imposto. O ITBI também é pré-requisito para o registro da escritura do imóvel.

O pagamento pode ser feito no cartório de registro de imóveis, por meio de uma guia emitida pelo escrivão.

 

Escritura Pública

Trata-se de uma despesa obrigatória para o novo proprietário do imóvel. A escritura é o documento que comprova a realização do negócio. O documento é lavrado junto a um tabelionato de notas, tendo uma variação de custo de acordo com a cidade onde se encontra a propriedade.

Esse documento não é necessário, de imediato, em casos de compra por meio de financiamento. Apenas para negociações à vista. Para quem financia, o contrato com o banco vale como escritura temporária. A escritura definitiva virá apenas após a quitação da dívida.

 

Registro do imóvel

Tendo a escritura em mãos, é chegada a hora de registrá-la no cartório de registro de imóveis da cidade. Este ato se refere à identificação do comprador como novo proprietário do bem. O valor pago em cartório varia conforme a região e custa, em média, o equivalente a 1% do valor do imóvel.

 

Agora, sabendo as principais taxas a serem pagas, você pode se planejar melhor para a compra do seu imóvel, evitando surpresas que desequilibram o orçamento. Continua navegando pelo blog e aproveitando nossas dicas!

  • 27 de Setembro de 2021
  • Notícias

Compartilhar:

Categorias

Postagens Recentes

Plantas ideais para escritório

22 de Novembro de 2021

Steel Frame, rapidez para construir

10 de Novembro de 2021